1º FÓRUM: PENSAR GLOBAL AGIR GLOBAL/LOCAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

REALIZAÇÃO AIETORG

DATA: 21 de Abril de 2016 (Quinta-feira)

Horário: 14h00 às 17h30 (LISBOA) // 10h00 às 13h30 (BRASÍLIA)

Local: CES Lisboa – Picoas Plaza, R. do Viriato 13, Lj 117/118

Objetivo:

Este fórum tem por objetivo discutir sob o ponto de vista transcultural e intercultural os desafios que se apresentam para empresas em processo de internacionalização, ou já internacionalizadas, vislumbrando possibilidades e perspectivas. O evento, o primeiro do ano de 2016, faz parte de um conjunto de ações promovidas pela AIETORG que buscam gerar e divulgar conhecimento sobre a ação organizacional em contextos multiculturais, contribuindo para o desenvolvimento de negócios internacionais.

Participarão do debate:

Profa. Dra. Maria Luisa Mendes Teixeira (Presidente da AIETORG e Profa do doutorado em Administração da Universidade Presbiteriana Mackenzie – Brasil).

Tema: O complexo de Gulliver e os riscos para a gestão internacional

Resumo:

As organizações têm enfrentado diferentes desafios para a internacionalização de suas atividades. Entre esses desafios, podemos identificar o dilema da operacionalização local de estratégias e políticas a serem realizadas ao nível global. A discussão de fatores culturais envolvidos nesse dilema, não é nova. No entanto, recentemente tem sido abordado na literatura o efeito do complexo de Gulliver associado ao fenômeno do estrangeirismo presente na cultura de cada país. O complexo de Gulliver apresenta raízes históricas, com nuances políticas e socioculturais. Neste fórum pretende-se abordar o tema, tendo como exemplo, o fenômeno na cultura brasileira e as suas consequências para a gestão das atividades de empresas brasileiras no exterior e de empresas estrangeiras no Brasil. Tem-se como propósito contribuir para a reflexão sobre os efeitos do estrangeirismo e sobre o Complexo de Gulliver na gestão internacional e possibilidades de ação para ultrapassar os desafios deles resultantes.

Prof. Dr. Jorge Jesuino (colocar qual Universidade?),

Tema: A empresa na sociedade do conhecimento

Resumo: A terceira revolução industrial em grande parte derivada do progresso da tecnociência designadamente no campo da informática deu lugar a um novo contrato entre a produção do conhecimento tradicionalmente situada na Universidade, sensu lato, e a produção económica tradicionalmente a cargo do tecido empresarial.

O novo paradigma emergente por vezes designado como “ciência post-normal” traduz-se na tendência tanto para a empresarialização da universidade como para a crescente tecnologização das empresas condenadas a inovar como condição de sobrevivência. É neste contexto que o modelo da tripla hélice se desenha como o mais adequado senão inevitável num mundo em que não só os humanos como os objetos se acham cada vez mais interligados.

Prof. Dr. José Ribeiro

Tema: Storytelling, novas práticas de marketing e comunicação institucional?

Resumo:

Narrativas estão presentes em todos os tempos, lugares e sociedades. Começam com a própria génese de humanidade. Todos os grupos humanos e classes sociais tem a suas histórias. Frequentemente estas histórias são apreciadas por pessoas de culturas diferentes. A atualidade (histórica e tecnológica) trouxe sua inquietante proliferação: crescimento exponencial da palavra “storytelling” na Internet (Hubert Dreyfus), sua utilização quotidiana nas instituições – universidades, empresas, consultores e nos grandes jornais e revistas científicas, websites, blogs, plataformas, etc…, sua aplicação em Gestão e Marketing, gestão em contextos de mudança, Comunicação institucional. Apontam-se algumas consequências na comunicação institucional: os logos dão origem às narrativas, as imagens de marca tornam-se história da marca a partir dos finais dos anos 1990, as audiências deram lugar ao consumidor, as companhas publicitárias às sequências narrativas. Não haverá neste processo uma passagem do abstrato ao concreto, do global ao local, do geral ao individual, do estável à instabilidade do quotidiano das sociedades atuais e simultaneamente transcultural das narrativas? Procuraremos encontrar práticas de comunicação institucional locais que no iniciem neste processo de reflexão e no desenvolvimento de novas práticas de comunicação institucional, de gestão e de marketing.

Moderadores / Comentadores : Prof. Dr. Nelson Antonio e Prof. Dr. Albino Lopes

Cada apresentação tem a duração de 20 minutos, após a qual haverá um debate entre os palestrantes e moderadores / comentadores e, posterior, abertura para perguntas da plateia.

Inscrições:

Membros AIETORG: gratuito (mas terá que efetuar a inscrição)

Profissionais*: 25 €

Estudantes e membros de Associações parceiras*: 15 €

(*Se pretender tornar-se associado da AIETORG, no ato da inscrição paga somente a quota de

2016 – 90 €).

CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO.

Informação:

O evento será transmitido em direto. Os participantes fora de Lisboa ou aqueles que não conseguirem deslocar-se ao local do evento, receberão, por email, um link para acesso à transmissão online do evento.

No final da ação os participantes receberão um certificado de participação.