III SIETO

 Sobre o simpósio

PROGRAMAÇÃO

 

DIA | HORÁRIO | ATIVIDADE

 23/05/2024 | Horário de Brasília  

8h00 -8h30 | Abertura

8h30 – 9h30 | Palestra: Contribuciones de los valores universalistas y las representaciones cívicas de la nación al desarrollo de la ideología  multicultural y el racismo: Evidencia trans-cultural.                                                               

Palestrante: Hector Grad  (Departamento de Antropologia Social e Pensamento Filosófico-Universidad Autónoma de Madrid)

9h30 – 9h45 | Intervalo

9h45 – 11h15 | Painel 1: Gestão com Pessoas: dignidade ao centro.

Mediador: Jorge Correia Jesuíno ( Prof. Emérito do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa)
Luis Martins (ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa)
Sarah Santos Alves (Metalumínio Projetos e Montagens)
Maria Luisa Mendes Teixeira (PPGA – Universidade Presbiteriana Mackenzie)

11h15 – 11h30 | Intervalo

11h30 – 13h00 | Painel 2: Sociedade, Estudos Organizacionais e Educação
Mediador: Michel Mott Machado
 (Professor no PPG em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional – CEETEPS0
Robson Malacarne  (Professor no PPG em Ensino de Humanidade -Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFES)
Paulo Roberto Prado Constantino  (Professor no PPG em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional – CEETEPS)
Elton Moura (Professor no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN)

                                           APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

 

Horário: 14h00 – 16hOO                     

SESSÃO 1 – TRABALHO, QUALIDADE DE VIDA E VIOLÊNCIA

 Moderadora: Darcy Mitiko Mori Hanashiro 
  

 Título do Trabalho: Percepções sobre Qualidade de Vida no Trabalho em organização pública no Interior de Rondônia.
  Autoras: Sabrina Neres Ribeiro; Virgínia Donizete de Carvalho

 Título do Trabalho: Qualidade de Vida no Trabalho Docente em Graduação a Distância no Brasil: visão panorâmica.
 Autores: Cleverson Pereira de Almeida; Gabriel Akira Wakavaiachi; Luiz Vagner Raghi; Débora Cunha Romanov.

 Título do Trabalho: Percepções de Docentes Sobre a Graduação EaD: Profissão, QVT e Precarização do Trabalho.
 Autores: Miriam Rodrigues; Carlos Eduardo Gomes; José Tadeu Coutinho e Silva; George Alalou; Mariana de Oliveira Lucio

 Título do Trabalho:#MEUPROFESSORABUSADOR: uma análise de comentários sobre assédio acadêmico na rede social Instagram.
  Autoras: Rebecca Thaffenne Santos Oliveira Nunes; Cíntia Rodrigues de Oliveira.

  Título do Trabalho: Desempenho através do teletrabalho: Uma revisão sistemática da perspectiva das partes interessadas nos períodos anterior e durante/pós-  Covid-19.
 Autoras: Isabel Cristina Panziera Marques; Raysa Geaquinto; Rosária Ramos; Sónia P. Gonçalves; Fernanda Nogueira.

Horário: 16h00 – 18hOO                           

SESSÃO 2 – DIGNIDADE E INDIGNIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

Moderador: Ronaldo de Lucio
  

 Título do Trabalho: Dignidade nos Serviços de Saúde: Proposição de um Modelo a Partir de Revisão Sistemática
  Autora: Isabel Cristina Panziera Marques.

 Título do Trabalho: Dignidade Humana como uma Representação Social
 Autores: Isabelli da Costa Kohlrausch; Fábio Aurelio de Mario. 

 Título do Trabalho: Convergências, Divergências e Complementariedades entre as Teorias de Dignidade
 Autora: Letícia Silva Santos.

 Título do Trabalho: Dignidade Pós-Abissal: Um estudo em Cooperativas de Reciclagem de Lixo no Norte do Paraná-BR.
  Autora: Raphaela Amaoka Bernardino Pereira.

 Título do Trabalho: Electricity & “Governance of Regeneration”: Local communities fighting for energy rights in a “Mining-Domination” context.
 Autores: Thiago Araújo da Silva; Andressa Carolina do Nascimento Nunes; Melina Alves Gomes; Armindo dos Santos de Sousa Teodósio. 


                     

PROGRAMAÇÃO –  24/05/2024 

 
|Horário de Brasília 
 
9h00 – 10h00 | Palestra – Estudios Organizacionales en América Latina: Perpectivas para la Acción

Pablo Isla (Director Departamento Ingeniería Comercial – USM)

10h00 – 10h15 | Intervalo 

10h15 – 12h00 | Painel 3: Ambiente Psicológico Seguro e Saúde Mental nas Organizações

Cleverson de Almeida (Pró Reitor de Extensão – UPM)

 Ledjane Araújo (Supervisora de saúde, segurança e cultura da Volkswagen Caminhões e Ônibus/Professora – UBM)

Fábio Sant’Anna (Diretor de Gente, Diversidade e Inclusão – Arcos Dourados, Divisão Brasil)

 Mediador: Fernanda Maria Duarte Nogueira (Coordenação de gestão e política de recursos humanos “ ISCSP – Universidade Lisboa)

                                                                 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

Horário: 14h00 – 16hOO         SESSÃO 3 – ORGANIZAÇÕES EDUCATIVAS


Moderador: Michel Mot Machado
  

 Título do Trabalho: Organização e gestão da escola e a influência na eficácia escolar. 
  Autores: Laysmaira da Silva Costa; Maira Marcela Ferreira dos Santos; Natália Moura Leonardo; Michel Mott Machado

 Título do Trabalho: Gestão Escolar e Teoria dos Stakeholders: A Educação Profissional e Tecnológica em Foco.
 Autores: Stenio Pinheiro dos Santos; Paulo Roberto Prado Constantino; Michel Mott Machado.

 Título do Trabalho: Interfaces entre práticas das organizações educativas dos Cursinhos Populares, do CRJ e do POIEIN.
 Autores: Robson Malacarne; Gabriel Roccon; Bruno Lima dos Santos;

 Título do Trabalho: Os Centros de Referência das Juventudes do Estado do Espírito Santo como Forma de Organização Educativa
  Autora: Ingrid Milholli de Oliveira;

Horário: 16h00 – 18hOO  –    SESSÃO 4- OLHARES CRÍTICOS E PÓS-MODERNOS SOBRE O FAZER ORGANIZACIONAL
 

Moderadora: Maria Luisa Mendes Teixeira

Título do Trabalho: Repensando a Estrutura de Capital: Uma Abordagem Pós-Moderna para Empresas Brasileiras
 Autora: Claudia Lebre Rodrigues.

Título do Trabalho: Teoria Crítica da Tecnologia e Análise Crítica do Discurso: Uma proposta de construção metodológica.
 Autores: Jerônimo Henrique Portes; Carolina Moreira Otsuru.

Título do Trabalho: O uso do território na Estratégia de Saúde da Família.
 Autora: Bianca Almerin.

 Título do Trabalho:  Relational Work Dimensões Empíricas e Conceituais
 Autores: Fábio Aurelio de Mario; Isabel Cristina Panziera Marques

Título do Trabalho: Principal-agent Relationship Under the Governmentality Perspective
 Autores: Guilherme Spiazzi dos Santos; Wilson Toshiro Nakamura.

Datas Importantes:

Submissões prorrogadas até 24/03
Resultados: 22/04 
Inscrições para quem teve trabalho aprovado: até 10/5

Inscrições para os demais participantes: até 19/05

Modalidades de Inscrição:

Participantes Afiliados à AIETORG com Cotas Atualizadas: participação gratuita com direito a certificado.
Ouvintes sem direito a certificado de presença: participação gratuita 
Ouvintes com direito a certificado de presença: 20,00 Euros
Participantes com trabalho(s) aprovado(s): 30,00 Euros
Participantes com direito a afiliação à AIETORG: 45,00 Euros

CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO MEDIANTE AO ENVIO DO COMPROVANTE DE PAGAMENTO: direcao@estudostransculturais.org

Forma de Pagamento
Depósito em conta bancária
AIETORG
Banco Santander
NIB: 0018.0003.40680712020.35
IBAN:PT50.0018.0003.40680712020.35 BIC/SWIFT TOTAPTP

 Faça sua inscrição! Clique aqui>>

 TEMAS

Eixo 1 – Estudos inter e transculturais 

Tema 1: Estudos transculturais

Os estudos transculturais (ETC) têm como pressuposto que o comportamento humano é influenciado pela cultura. ETC envolvem comparações entre diferentes culturas com o objetivo de compreender como os comportamentos humanos variam entre as culturas estudadas. São bem-vindos, artigos que tratem de temas ligados a organizações e gestão, independente da área (finanças, estratégia, recursos humanos, marketing, entre outros) desde que visem compreender as diferenças de comportamento entre as culturas estudadas. 

Tema 2: Estudos interculturais

O aumento dos movimentos migratórios traz para a realidade organizacional o desafio do fenômeno da interculturalidade. Desde a expansão das organizações transnacionais, ao aumento de refugiados e outros tipos de imigrantes, ao reconhecimento necessário de diferentes grupos étnico-culturais, as organizações se veem frente ao desafio da gestão da interculturalidade. Com este tema espera-se atrair trabalhos que discutam os diferentes desafios decorrentes da interculturalidade nas organizações. 

Eixo II – Estudos Organizacionais

Tema 1: Novas formas de organização do trabalho 

A fluidez das estruturas e processos organizacionais fez emergir a necessidade de repensar a forma como os profissionais integram os quadros funcionais, tanto no formato de contratação, como no processo pelo qual o trabalho é acompanhado e mensurado, até a definição do local de trabalho. Estimula-se a submissão de artigos que discutam novas formas do trabalho, como, mas não limitados a: trabalho remoto; trabalho por projetos; gig economy; trabalho colaborativo, facilitado por meio de plataformas; trabalho mediado pela IA; jornadas de trabalho flexíveis; sistema AGIL etc.

Tema 2: Violência no ambiente de trabalho

Orientado pelo binômio trabalho-saúde, neste tema são considerados textos que abordem as múltiplas formas de violência nos contextos e nas relações de trabalho (formais e informais), o que contempla, por exemplo, os distintos assédios, liderança / gestão e ambiente tóxicos. Os fatores geradores / promotores dessa violência entendidos como indutores de mal-estar, sofrimento, adoecimento e, no limite, óbito, na contramão da busca por qualidade de vida no trabalho, a qual demanda “compreendê-lo para transformá-lo”.

Tema 3: Povos originários no contexto das organizações

Este tema trata da inserção e inclusão de povos indígenas nas instituições públicas e privadas, assim como das formas de organização indígena. São bem-vindos artigos que abordem: perspectivas decoloniais e os modelos de administração nas organizações tradicionais e comunitárias indígenas; gestão de projetos nas terras indígenas – protagonismo indígena, saberes tradicionais; indígenas em cargos administrativos nas instituições públicas e as novas categorias para repensar a administração no Brasil; entre outros assuntos de interesse.

Tema 4: Controle social e humano nas organizações 

Este tema aborda mecanismos de controle social como forma de exercer controle sobre a autonomia dos membros da organização, tais como políticas, normas, procedimentos, regulamentos e tecnologias de monitoramento. Além desses, mas não limitados a, encorajam-se artigos que tratam da comunicação e a (falta de) transparência como instrumentos de controle social e humano; poder e hierarquia como instrumentos formais e informais de controle; tecnologias de controle temporal, tempo e equilíbrio entre família e trabalho, entre outros

Tema 5: Cultura e identidades nas organizações

Este tema reconhece a pluralidade de abordagens teóricas, metodológicas e perspectivas epistemológicas nos estudos empíricos sobre culturas nas organizações e identidade organizacional. Aceitam-se ensaios e  artigos de revisões bibliográficas  desde que apresentem contribuição relevante para o avanço da literatura na área. Encorajam-se manuscritos que tratam de culturas em novas formas de organização do trabalho, formação e desenvolvimentos de culturas nas organizações, liderança e cultura, construção e reconstrução das identidades nas organizações, relação entre cultura e identidade organizacional. Esta linha estimula discussões provenientes de diversas áreas do conhecimento, tais como, antropologia, sociologia e psicologia social.

Tema 6: Diversidade, diferenças e inclusão nas organizações

O tema estimula pesquisas empíricas sobre diferentes identidades sociais e suas interseccionalidades, a exemplo de  gênero, raça/etnia, classe socioeconômica, pessoas com deficiência e outras diferenças individuais  como neurodiversidade no ambiente de trabalho. Espera-se que esses temas dialoguem  com práticas de inclusão de grupos minorizados ao lhe dar voz e pertencimento autêntico ao  grupo dominante.  Além desses temas, fomentam-se discussões sobre formas explícitas e implícitas de regimes que perpetuam a desigualdade e opressão no ambiente organizacional. 

Tema 7: Dignidade/indignidade nas organizações

A dignidade nas organizações pode ser analisada tanto sob a abordagem da dignidade inerente a qualquer ser humano, ou da dignidade atribuída pela sociedade, como a dignidade de mérito e dignidade moral. A dignidade social diz respeito a como a dignidade é construída na interação e encontros entre as pessoas. Já a dignidade das organizações consiste na avaliação que as partes interessadas fazem sobre as práticas a elas direcionadas. Estimula-se a submissão de trabalhos que discutam fatores e situações que violem, ou promovam a dignidade nas e das organizações, possibilitando fomentar a discussão sobre o tema tanto no âmbito profissional, quanto acadêmico.

Tema 8: Estudos organizacionais e organizações educativas 

Este tema contempla a interface entre os estudos organizacionais e as concepções e práticas de gestão de organizações educativas. A partir de diferentes abordagens epistemológicas, teóricas e metodológicas, são bem-vindos manuscritos que suscitem a reflexão sobre: teorias organizacionais e paradigmas da administração educacional; memória e história das organizações educativas; planejamento e organizações educativas; liderança, cultura e clima escolar; eficácia e melhoria escolar; poder gerencialista e gestão educacional; relações universidade-sociedade; entre outros assuntos.  

Tema 9: Comportamentos nas organizações 

Estimula-se a submissão de trabalhos teóricos e teórico-empíricos que busquem investigar os comportamentos nas organizações, tendo como foco a dimensão do “indivíduo” e/ou do “grupo”. São objetos de interesse estudos sobre: valores, atitudes e satisfação no trabalho; personalidade, emoções e afetos no trabalho; percepção e tomadas de decisão; processos motivacionais; equipes de trabalho; comunicação; liderança; poder e política nas organizações; conflito e negociação; entre outros assuntos correlatos.

Tema 10: Outros estudos correlatos

Além dos temas propostos para este III SIETO, outros trabalhos que se insiram no âmbito dos Estudos Organizacionais são bem-vindos e estimulados, ampliando a participação da ­­comunidade acadêmica dos países de língua portuguesa e espanhola no desenvolvimento desse campo de estudo

 

Para submissão de trabalhos e maiores informações acessehttps://eventos.congresse.me/iii-siet